Humanidade mais humanizada?

Maria Salete Waltrick¹

Será que ficaremos mais humanizados depois da pandemia, isolamento social e tantos acontecimentos que nos tiraram da zona de conforto?

Consigo ver, em  meio a pandemia,  pessoas se doando e fazendo trabalhos voluntários,  arriscando até a própria saúde,  (meu respeito e admiração, eu não tive coragem), alguns comerciantes, mesmo em crise, doando alimentos para os que estão com mais necessidades, e tantos atos de solidariedade pelo mundo afora.

No contraste, posso ver, pessoas que se aproveitam do momento e aumentam preços, outras comprando excessivamente com medo de ficar sem produtos, e deixando outros com falta desses, como foi o caso do álcool gel, do absurdo do papel higiênico, e de alimentos não perecíveis.

Enfim, a humanidade parece seguir seu ritmo normal nesse momento tão anormal. Por outro lado, lives de muitos profissionais, tentam ensinar maneiras de mantermos a sanidade mental no isolamento social.

Uma coisa é certa. Ficaremos na história da humanidade. Se sairemos mais humanizados ou não, só o tempo dirá, e entendo que isso depende muito do que fizermos nesse período tão cheio de oportunidades de reflexão e busca de autoconhecimento.

Com certeza, não sairemos iguais. Coisas tão inimagináveis que não passavam em nossas mentes, nos pegaram de surpresa, e nos jogaram num mundo de total incerteza do futuro.

Os grandes gurus da economia e grandes cientistas, não estão conseguindo fazer previsões do que vai acontecer no mundo após a pandemia e o isolamento social.

 Nós, com nossos medos, aflições e angústias, tentamos a todo custo, manter o mínimo de bem estar, até para não baixar a imunidade, que seria arriscado nesse momento.

Pensar que podemos perder quem amamos, ou não sairmos vivos dessa, pode sim, causar alguma mudança em nosso comportamento, mesmo que  momentaneamente.

Mas, será que com o tempo, vamos esquecer de tudo, e voltar a viver a mesma vida que tínhamos antes de tudo isso começar?

Tenho medo disso.

Será que vamos realmente aproveitar tudo o que está nos acontecendo para sermos pessoas melhores?

Negar o que está acontecendo ou se desesperar, são os dois extremos nesse momento.

Há muito tempo, li que, o que não nos mata, nos fortalece, entretanto, acredito que não necessariamente nos melhora como seres humanos.

Há quem tente  se melhorar em momentos difíceis, e outros escolhem endurecer o coração e se revoltar com o mundo e com todos.

Parece ser uma escolha, uma decisão interior, não sei ao certo se é deliberada ou não,  (não sou da área de Psicologia).

Afinal, não há dúvida de que tantas vidas afetadas pelas perdas de seus amados, tanta incerteza do amanhã, está gerando sofrimento sem igual, e não dá para achar que seremos os mesmos após a passagem desses eventos tão complicados.

Mas, fico na torcida, que após tudo isso amenizar, possamos olhar para dentro de nós e vermos uma nova criatura, melhor do que éramos antes. Assim, poderemos contar para as próximas gerações, que tudo o que estamos vivendo valeu a pena, que trouxe mudanças positivas e mais humanização para a humanidade.

¹Doutora em Administração pela Universidade Nacional da Argentina, título revalidado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora substituta do curso de Administração da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).

Como citar:
WALTRICK, Maria Salete. Humanidade mais humanizada?. Nuevo Blog, 04 maio 2020. Disponível em: https://nuevoblog.com/2020/05/04/humanidade-mais-humanizada/. Acesso em: ??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s