Práticas Integrativas e Complementares em Saúde em Período de Pandemia: o Yoga como estratégia para cuidar de Si

Evelyn Raquel Carvalho¹

Maria Sara de Lima Dias²

Considerando que em março de 2020 a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou oficialmente a situação de pandemia devido a contaminação massiva provocada pelo novo CORONAVIRUS, muitas mudanças vem ocorrendo em diversas dimensões da vida. Em meio a crises políticas, econômicas e experienciando uma emergência em saúde vamos nos mantendo vivos/as. O apoio mútuo no interior nossos lares e ciber espaços se tornaram hoje estratégias de solidariedade e esperança. Pesquisas em âmbito planetário apontam que a higienização das mãos, o uso de máscaras e o ato de  evitar aglomerações são as únicas formas de impedir a proliferação da doença que é invisível, muitas vezes assintomática e mortal.

Quando o confinamento é o único caminho, observamos de nossas janelas o passar de dias e noites, mas quais caminhos percorrem nossos pensamentos? Aniversários, feriados, gestações, falecimentos, e tantas outras vivências durante o isolamento social afetam nossos sentimentos e nos fazem olhar para dentro. Mesmo junto a familiares durante tanto tempo, ou conectados/as a redes sociais ainda somos visitados/as pela solidão. Outros estão aflitos pela suspensão de planos traçados há tempos como formaturas, viagens, festejos de casamento. Pessoas perdem emprego, outras são alvo de violência intra-familiar, jovens passam a realizar seus estudos em casa. Aqueles que não tem como se afastar do trabalho presencial, saem diariamente se expondo a riscos da contaminação para não terem pratos vazios no fim do dia.  Lives, trabalhos remotos, conversas via aplicativos de celular, talks são chamados coletivos que indicam uma possibilidade de ser no mundo, mas será que é realmente essa mensagem que o planeta nos dá? Paramos?

A reflexão que apresento aponta caminhos para o cuidar de si no contexto escolar, uma vez que nossa experiência se dá numa instituição de ensino no litoral do estado do Paraná. Em sincronia com as diretrizes em saúde pública praticadas em todo o mundo, desde 17 março de 2020 experienciamos a suspensão das aulas presenciais.  Desde então, o clima de apreensão que já era preocupante, agrava-se com o isolamento, impactando a comunidade acadêmica em sua rotina de trabalho e com o Outro.

Embora com diferenças regionais, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado, os casos de COVID 19 no Paraná e especificamente no litoral vêm crescendo. Mesmo com insuficiência de testes, até o mês de junho, foram registrado 195 casos confirmados e 07 óbitos na região do litoral paranaense[i]. Na luta contra a contaminação praias são interditadas, barreiras controlam o fluxo entre as cidades, multas são aplicadas e reforçam para aqueles que podem que “fiquem em casa”. Este quadro vêm mobilizando nossas apreensões e reflexões sobre “o que fazer” e que mundo nos aguarda quando tudo isso acabar. Enquanto assistente social de uma instituição de ensino em contato com servidores/as terceirizados/as, professores, técnicos/as, e estudantes e seus familiares, observamos que cada um/a vem tentando à sua forma manter-se saudável física e mentalmente.

 A partir dessas reflexões vem a proposta de encontros virtuais do ‘If zen’, um projeto que objetiva a prática do yoga como estratégia para o cuidar de si no período da pandemia. Esse projeto de extensão que vinha ocorrendo de modo presencial desde 2019, por iniciativa dos/as estudantes que praticavam na modalidade presencial é retomado agora na modalidade virtual para colaborar na redução da ansiedade potencializada pelo momento vivido. Os encontros presenciais e agora via on line são um convite para a prática coletiva do yoga na busca de bem estar e redução de ansiedade. Você pode ter acesso a nossos encontros através do site do Instituto federal do Paraná, Campus Paranaguá no link: https://paranagua.ifpr.edu.br/2020/03/05/retorno-do-projeto-if-zen/.

Regulamentada pela portaria nº 971 GM/MS, desde 2006, o yoga integra o rol de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PNPIC)[ii], sendo ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS) junto a outras 27 técnicas alternativas como Biodança, Reiki e Homeopatia. Embora aqui seja complementar, há muito tempo em algumas culturas o yoga é utilizado como medicina tradicional na prevenção, tratamento e cura de doenças.   O termo yoga, com origem sânscrita ‘yuj’ refere-se aos verbos unir, reatar, religar. O Yoga Sutra de ‘Patañjali’, considerada a principal escritura do yoga, o define como a cessação das modificações da mente. O ‘Bagavaguita’ o define como o ato de habilidade na ação, qualidade esta que advém de um estado de consciência plena. Comumente o yoga é associado posturas meramente físicas, às vezes impossíveis de serem alcançadas, ou apenas a prática de relaxamentos.  Segundo Machado (2020[iii]) o yoga é uma filosofia prática, sendo as posturas ou ‘asanas’ apenas um dos elementos da prática ou ‘sádhana’e não sua totalidade.

Ao praticar-se yoga, realiza-se a integração em todos os aspectos e corpos (físico e energético), a união da consciência individual com o universo e do ‘Eu’ com o ‘Outro’, buscando o desenvolvimento humano integral. Para uma prática completa são  realizadas a vocalização de ‘mantras’(do sânscrito man, instrumento para conduzir a mente), exercícios respiratórios, de equilíbrio, aquecimentos, posturas, relaxamentos e meditação. Estudos apontam que com a prática diária do yoga é possível fortalecer músculos e articulações, aumentar a imunidade, melhorar a concentração, a memória e o raciocínio. No plano emocional pode-se controlar melhor as emoções, a auto percepção, o auto conhecimento, a comunicação melhorando a autoestima e a disposição para a vida. Na prática do yoga é necessário cultivar a autodisciplina e a autoanálise, nos tornando arquitetos do nosso próprio destino, responsáveis pelos nossos êxitos e mestres da própria vida[iv].

O yoga é marcado por preceitos morais, que funcionam como um código de ética, entre eles, o princípio da não violência ou ‘ahimsa’, que se refere a respeitar os limites do corpo, não se violentando ou se comparando com o outro.  O yoga alinha-se a projetos de educação, favorecendo a melhora de habilidades intelectuais, o fortalecimento físico, colaborando para cuidados integrais em saúde. O/a praticante de yoga é convidado diariamente a refletir sobre questões tais como: Como tenho cuidado de mim? Quais são minhas habilidades e potencialidades? Como posso me conectar com o ‘agora’, eliminando o turbilhão mental?

Assim, a prática do yoga é importante para o momento vivido, em quarentena,  quando somos chamados a olhar para nós mesmos.      

Referências:

[i] BRASIL, Secretaria Estadual de Saúde, Boletim COVID 19, disponível: http://www.saude.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-06/informe_epidemiologico_13_06_2020.pdf acesso em: 14 jun. 2020.

[ii] BRASIL, Portaria Ministerial nº 971 de 03 de maio de 2006. Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS/ Ministério da Saúde, Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0971_03_05_2006.html. Acesso em: 14 jun. 2020.

[iii] MACHADO, Perola de Souza. ‘Sádhana’: conceitos iniciais- o Yoga. Disponível em: https://estudandoyoga.blogspot.com/2020/06/conceito-do-yoga.html. Acesso em: 14 jun. 2020.

[iv] Idem item iii.

¹Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Tecnologia e Sociedade (UTFPR); Mestre em Desenvolvimento Territorial Sustentável (UFPR),  Graduada em Serviço Social (UNIBRASIL) e Psicologia (UTP).

²Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pós-Doutora em Psicologia pela Universidad Autónoma de Barcelona. Professora do Departamento de Estudos Sociais (DAESO) e no Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Como citar:
CARVALHO, Evelyn Raquel; DIAS, Maria Sara de Lima. Práticas Integrativas e Complementares em Saúde em Período de Pandemia: o Yoga como estratégia para cuidar de Si. In: Nuevo Blog20 Jun. 2020. Disponível em: https://nuevoblog.com/2020/06/20/praticas-integrativas-e-complementares-em-saude-em-periodo-de-pandemia-o-yoga-como-estrategia-para-cuidar-de-si/. Acesso em: ??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s