Página Inicial

Destaques

Respiramos, sufocadas há muitos séculos

Louise Rodrigues Silva¹ Escrevo essa reflexão como estudante de pós-graduação, mulher, negra de pele clara, cis, localizada no interior do sudeste brasileiro. Relato que ao me deparar com estudos decoloniais fiquei inquieta ao visualizar o quanto a colonização roubou de nós, população racializada como negra e, nos impediu de respirar e existir na miríade dos…

Posts recentes

NUEVO Debate – Intolerância Geracional, com o professor e psicanalista Dr. William Mac-Cormick Maron

Resumo e transcrição por Karina Obrzut Rossetto Segundo o professor e psicanalista Dr. William Maron, a violência geracional pode ser definida como o conflito histórico entre gerações, visualizado desde os gregos, por meio de reclames dos mais velhos aos mais novos. A grande questão, diz ele, não é o conflito em si, uma característica inevitável…

A atualidade da Enquete Operária de 1880 para pesquisas sobre o mundo do trabalho

Jennifer de Oliveira Martins¹ Em um contexto de crescimento de teses e artigos acerca do fim do trabalho e da crítica ao suposto anacronismo da categoria “classe trabalhadora”[i], o presente texto tem como objetivo defender a atualidade da “Enquete Operária de 1880” elaborada por Marx[ii], sob encomenda da Revista Revue Socialist para as pesquisas no…

NUEVO Debate – Intolerância Associada à Cor da Pele, com a professora e pesquisadora Dra. Juliana Cristina Teixeira

Resumo e Transcrição por Karina Obrzut Rossetto A professora e pesquisadora Dra. Juliana Cristina Teixeira inicia o debate chamando atenção para a dicotomia entre intolerância e tolerância. Conforme expõe, a palavra tolerar possui contornos densos, uma vez que o indivíduo tolera aquilo que enxerga como muito diferente ou depreciativo, sendo impossível aceitar e acolher, somente…

Metodologia da Pesquisa



Estudos Organizacionais

Epistemologia e Questões Raciais

Mariana de Santana Lourenço¹ O presente texto tem por objetivo refletir sobre como as fontes de conhecimento também são um espaço de disputa no qual as práticas hegemônicas se perpetuam. Essa situação é aqui exemplificada a partir das discussões de Renata Santos, sobre o ensino da história da arte brasileira, somadas as reflexões de Sueli…

A acolhida humanitária de IFES aos movimentos migratórios contemporâneos no Brasil. Um marco histórico.

Nayara Stelmach de Melo¹ A construção da história das migrações contemporâneas no Brasil é papel dos pesquisadores e historiadores, como contribuição para as próximas gerações. Com isso em mente podemos exemplificar essa contribuição com o trabalho que está sendo desenvolvido pelas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) no sentido de acolhida humanitária de migrantes no…

As tensões que vêm redesenhando o ensino de Administração no século XXI

Amanda Albuquerque Gross¹ Para a antropóloga e historiadora brasileira Lilia Schwarcz (2020[i]), o século XX se encerrou de fato com o início da pandemia da Covid-19. Se o século anterior foi marcado por uma utopia tecnológica e desenvolvimentista, a crise sanitária, por sua vez, explicitou as fraturas sociais, econômicas, ambientais e morais em todo o…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Comportamento Humano nas Organizações

Tolerância nas Organizações

Diálogo com o Prof. Dr. Francis Kanashiro Meneghetti (UTFPR) Realizado por Ana Silvia Alves Borgo Neste diálogo o Professor Francis apresentou os resultados da pesquisa quantitativa e qualitativa realizada com cerca de 1.400 pessoas, que demonstram que a realidade brasileira é preocupante e requer ações concretas de combate às diversas formas de intolerância. Esta pesquisa…

Normopatia: sintoma da manipulação política da ameaça de precarização e exclusão social

Ana Silvia Alves Borgo¹ Sendo bem-sucedidos na sociedade e no trabalho, os normopatas se ajustam bem ao conformismo, como um uniforme, portanto, carecem de originalidade, de personalidade [i]. Segundo Duarte e Mendes, este conceito tem origem, citando Schotte (1986) e Mac Dougall (1982), “no estudo de psicopatologistas […]” para “[…] designar certas personalidades que se…

NUEVO Debate – Segurança Pública Democrática, com o advogado Marcelo Jugend

Resumo e Transcrição por Karina Rossetto Obrzut O advogado Marcelo Jugend inicia a conversa apontando que a violência e a criminalidade consistem em um dos principais desafios do Brasil. A cada ano, diz ele, o número de mortes violentas ultrapassa a soma de mortes de todas as guerras do oriente médio, o que compromete a…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Trabalho & Tecnologia

O pensamento indígena e o campo de Ciência, Tecnologia e Sociedade: discussões a partir do livro “A vida não é útil” de Ailton Krenak

Livia Weyl Costa¹ A proposta do texto a seguir é discutir como os conhecimentos indígenas podem se relacionar com as discussões dos estudos em ciência, tecnologia e sociedade, e a validação desses conhecimentos. Levando em consideração o livro “A vida não é útil” do líder indígena Ailton Krenak[i] e o artigo “Relações e dissensões entre…

A representação do trabalhador em Roniwalter Jatobá

Janete Ferron¹ O propósito deste texto é refletirmos acerca da linguagem e do texto literário produzido pelo autor contemporâneo Roniwalter Jatobá. Entendemos a linguagem na perspectiva adotada por Mikhail Bakhtin, ou seja, como um processo de interação, visto que é por meio da interação entre os sujeitos que se constitui a linguagem. Nessa perspectiva, a…

Reflexões sobre coisas chatas: como transver trabalho invisível presente nas infraestruturas de informação?

Mateus Filipe de Lima Pelanda¹ Manoel Wenceslau Leite de Barros (1916–2014) foi um poeta brasileiro que, em várias de suas poesias, trazia um novo sentido para coisas desapercebidas,  ou vistas como banais, mundanas. Para fazer isso, Manuel brincava com as palavras ao mudar a construção sintática das frases, também criando verbos, descrevendo, personificando e emprestando…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Filosofia da Técnica

A Memória como Condição Humana

Egon Bianchini Calderari¹ Quantas vezes nos pegamos a recordar o que desejamos esquecer a qualquer custo? Da nostalgia dos dias ensolarados da infância até à dor causada pela inevitável partida, as memórias nos perfuram como lâminas. Muito além de um mero acúmulo de experiências úteis, utilizadas como guias de ação para o atendimento das exigências…

Interferências da Cultura Pós-Moderna na Construção de Subjetividade – A sociedade Excitada: Filosofia da Sensação. (Christoph Turcke)

Isabel Medeiros¹ Diante do nosso modo de viver, há muitas invisibilidades quando falamos em consumo, sobretudo, em uma sociedade excitada pelo universo da mercantilização e contínuos choques áudio visuais, como diria Turcke (2010[i]), o qual buscaria minuciosamente decifrar e/ou caracterizar “contínuos” — sendo entendido como algo que, uma vez posto em movimento, não se pode…

Uma crítica ao conceito de Realidade Virtual pela filosofia hegeliana e cultura material

Yuri Campagnaro¹ Nesta pequena resenha, faço uma crítica ao conceito de “realidade virtual”, tal como entendida e praticada dentro da arte digital, sob o ponto de vista da filosofia hegeliana e das teorias da cultura material. Como afirmam Daniel Miller e Don Slater, os termos “ciberespaço” e “virtualidade” focam em maneiras nas quais novas mídias…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Arte & Literatura

Ensino de literatura e racismo: é preciso superar a inocência

Jéssica Parizotto¹ Há mais de 30 anos, o crítico literário Antonio Candido proferiu, a pedido da Universidade Mackenzie de São Paulo, uma palestra sobre direitos humanos e literatura. O texto que posteriormente foi publicado em livro sob o nome de “Direito à Literatura” traz uma reflexão interessante e ainda muito pertinente sobre o que consideramos…

Tu não Fazes Nada Além de Arte?

Monique Nascimento¹ Eloise Helena Livramento Dallagnelo² Marina Coelho³ Comumente dirigida a artistas, a frase “tu não fazes nada além de arte?” resguarda em si uma série de problemas, entre os quais abordaremos alguns neste espaço. Apontamos, incialmente, que muitos desses problemas são, em nosso entendimento, associados a não compreensão do fazer artístico enquanto trabalho. Situação…

As Vidas dos Trovadores: narrativa e violência

Marcella Lopes Guimarães¹ Agradeço à equipe do Nuevo Blog, do Núcleo de Estudos da Violência Organizacional, vinculado ao Instituto Brasileiro de Pesquisas e Estudos Sociais (Ibepes), na pessoa da amiga Janaína More, o convite para trazer um aspecto do projeto de pesquisa que desenvolvo na UFPR, onde atuo como Professora do Departamento de História (DEHIS)…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Temas Atuais

NUEVO Debate – Intolerância de Gênero, com a professora Dra. Cintia de Souza Tortato

Transcrição e resumo por Karine Rossetto Obrzut Segundo a professora Dra. Cintia de Souza Tortato, a intolerância de gênero pode ser identificada em momentos cotidianos, como esperar um resultado menos produtivo de uma menina ao realizar a mesma atividade que um menino, e perpassa por questões históricas e culturais, herdando, da colonização, a perspectiva do…

NUEVO Debate – Intolerância Associada à Condição Física e Mental, com a professora e pesquisadora Dra. Silvia Andreis Witkoski

Transcrição e resumo por Karina Rossetto Obrzut Segundo a professora Dra. Silvia Andreis Witkoski, a intolerância associada à condição física e mental não só ainda é muito presente, como pode ser percebida na própria linguagem, por meio da utilização de expressões em tom pejorativo, como “você é surdo!”, entre outras. O pressuposto por trás disso,…

O homem médio do Direito Penal: a característica orgânica da justiça restaurativa como alternativa para resolução de conflito equânime

Eduardo Ressetti Pinheiro Marques Vianna¹ Regina Martinello Gonçalves Lins² Nos estudos do Direito Penal, o agente que pode ou não ser sujeito de punição desenha-se a partir de um conceito de “homem médio”. Esse título é dado ao “homem ideal”, “agente modelo”, “pessoa consciente e cuidadosa”, “pessoa prudente e de discernimento”, ou seja, tem o…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Ciclo de Palestras NUEVO

Estudos pós-coloniais no Brasil: desafios e tendências

Realizado em 10/11/2020 Prof. Dr. Rafael Alcadipani (EAESP-FGV) Prof. Dr. Alexandre Faria (EBAPE-FGV) O Ciclo de Palestras NUEVO 2020 é uma ação do Núcleo de Estudos da Violência Organizacional e tem como objetivo levar para o público em geral informações, análises, conhecimentos científicos e acadêmicos por meio de pessoas referências em suas áreas de atuação…

Contribuições do Pensamento de Marx para os Estudos Organizacionais

Realizado dia 03/11/2020 Profa. Dra. Deise Luiza da Silva Ferraz (UFMG) Profa. Dra. Janaynna de Moura Ferraz (UFRN) O Ciclo de Palestras NUEVO 2020 é uma ação do Núcleo de Estudos da Violência Organizacional e tem como objetivo levar para o público em geral informações, análises, conhecimentos científicos e acadêmicos por meio de pessoas referências…

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.